sexta-feira, 11 de setembro de 2009

A Origem dos Vampiros segundo o Livro de Nod


Atribui-se a origem destes seres ao mito biblico de Caim e Abel, filhos de Adão e Eva. Depois de assassinar Abel, Caim foi amaldiçoado por Deus.
Mais tarde Caim conheceu Lilith que o salvou da solidão a que estava condenado, amando-o e que lhe ensinou as Disciplinas Vampíricas que mais tarde iriam ser usadas por ele para formar o seu próprio reino. Durante esse tempo, três anjos foram ao seu encontro, oferencendo três oportunidades para a sua redenção: Miguel, portador da chama sagrada, que após receber a resposta negativa de Caim o amaldiçoou a ele e aos seus futuros filhos com o horror ao fogo e a destruição por ele; Rafael, guia do Sol, amaldiçoa Caim e a sua descendência com o temor e destruição pela luz sagrada do Sol, após receber um outro não; Uriel, anjo da Morte, completa a maldição vampírica, condenando Caim e os seus filhos a sobreviver apenas bebendo sangue por toda a eternidade, após receber a terceira recusa. No entanto, Gabriel, anjo da Misericórdia, surge após Uriel, dizendo que Deus deixou uma trilha eterna de salvação para Caim e para a sua descendência (a lendária Golconda).

Construiu a Primeira Cidade Vampirica - Enoque, onde criou outros vampiros. O primeiro a oferecer-se para ser feito filho da sombra foi Enosh, depois seguiu-se Zillah e Irad. Esta segunda geração de vampiros deu origem à terceira geração (de 13 vampiros), os Antediluvianos (assim chamados por terem vivido antes do Grande Dilúvio) que vieram a criar os Clãs (dos quais falarei noutro post).

Na altura do Diluvio os homens da Terra tinham-se tornado corruptos devido a um demónio e por isso foram castigados por Deus, que provocou aquela tempestade catastrofica. Seria Caim o tal demónio, fonte de todo o mal que tinha assolado a terra de Noé?

Enfim, durante o reinado de Caim, eram feitas as chamadas Festas de Sangue. Nessas festas, os prisioneiros eram amarrados sobre uma mesa e acabavam por alimentar os vampiros presentes. Caim e os seus filhos bebiam da poça de sangue que se formava a partir de outros prisioneiros que eram colocados de cabeça para baixo e com as veias rompidas, de onde jorrava o sangue.


Naquela cidade, Caim tinha recrutado muitos humanos para o servir (humanos esses já conhecidos na altura por serem agressivos ou foras-da-lei), no entando, conta-se que não os maltravava nem violentava e que estes viviam em total 'liberdade'.

Controlava-se a natalidade humana, para que fossem criados humanos para servirem, lutarem, trabalharem e alimentarem com o seu sangue. Se agradassem ao lider, e fossem bem sucedidos, poderiam ser seleccionados para fazer parte da Linhagem de vampiros.

Após um período de paz e prosperidade entre os vampiros, os sucessores de Caim passaram a travar batalhas entre si. A autoridade dos governantes foi revogada, e tanto os mortais como os membros da prole sentiam-se livres para fundar outras cidades e autoproclamarem-se como seus reis. Dessa forma, os imortais ascendentes de Caim, espalharam-se por toda a Terra e deram origem às suas proprias linhagens.


Tudo isto é baseado no Livro de Nod, mais conhecido como Biblia Vampirica. Este está dividido em 3 partes: Crónicas de Caim, Crónicas das Sombras (contem os ensinamentos de Caim), Crónica dos segredos que incluí a vinda da Gehenna (contem os misterios mais profundos sobre aquelas criaturas amaldiçoadas).
A Gehenna diz respeito ao retorno dos antigos vampiros antediluvianos desaparecidos que necessitam de sangue muito mais poderoso do que o de um simples mortal e irão à caça de outros vampiros para assim se satisfazerem. Então acontecerá a batalha final, o Inferno, o Apocalipse Vampirico.
Diz-se que Caim se retirou definitivamente da socidade humana-vampírica e espera este fim dos tempos.

Segundo os judeus, a Gehenna reza o seguinte: "No dia do julgamento final, haverá três classes de almas: as dos justos serão imediatamente inscritas para a vida eterna; as dos iníquos, para a Gehenna; mas as daqueles cujas virtudes e pecados se equilibrarem baixarão à Gehenna, e flutuarão para cima e para baixo até que se ergam, purificados."

Futuramente, num proximo post, irei diponibilizar o Livro de Nod para Download.

4 comentários:

  1. Incrivel! E vc resumiu super bem. Muito bom o seu blog.

    ResponderEliminar
  2. muito interessante este blog! promete...
    até há uns tempos atrás sempre penseis que os vampiros fossem único e exclusivamente "vamps", vampiros energéicos que durante a noite por meio de viagens astrais e através de vários tipos de rituais, vagueassem por entre os espaço-entre, a dimensão astral, dominando entidades espirituais com as quais eram guiados a se deslocarem até aos vários locais onde as pessoas estão a dormir, e aos mais fracos de espírito, aquando do processo de revitalização do sangue, que é durante o sono, a noite, que esse processo é feito naturalmente no nosso corpo, o sangue é renovado, o momento ideal para a absorção da energia nova por parte dessas entidades astrais ou a consciência de quem faz essas viagens astrais para se auto-regenerar fisicamente! a nível físico funciona mas a nível mental, tem o efeito inverso e os torna doentes mentais, obsessivos e agressivos! os vampiros são todos aqueles que nos "roubam" de uma forma ou de outra as nossas energias astrais, o éter corpóreo que todos temos. shy, reiki, e os movimentos new age que agora tanto existem, são muitas das vezes usados indevidamente para o mal das pessoas fazendo-lhes um bem temporário e vicioso. dão com uma mão e tiram com outra! esses sãos vamps! agora esta história do sangue realmente tem água no bico, ou sangue no bico neste caso. toda a colheita de sangue que se faz por todo o mundo em hospitais e pelos doadores está muito mal explicada, os hospitais mal têm sangue, no entanto o sangue que é doado é quantidades exorbitantes!!! e não é exagero nenhum! porém, quando muitas das pessoas vão para um hospital e precisam de sangue mesmo do mais comum O+ o mesmo tipo que aceita todos os outros tipos quer sejam rhesus+ ou rhesus-, não há sangue! já aconteceu isto várias vezes! muito do sangue está a ir para algum que não os doentes!

    ResponderEliminar